ASPECTOS: Introdução à História de Lavras do Sul

Evolução territorial de Lavras do Sul (destacada na área retangular durante a apresentação das imagens, de fonte do Atlas Socioeconômico do RS).

As disputas pelas terras conquistadas por Portugal e Espanha originaram tratados de limites como os de Madri e de Santo Ildefonso que tiveram suas linhas determinadas em documentos e posteriormente demarcadas, pois a linha do Tratado de Santo Ildefonso curiosamente faz uma curva sobre o território do município e as linhas dos dois tratados unem-se justamente sobre o território de Lavras, formando assim um vértice histórico.

Com as descobertas de ouro no Rio Grande do Sul no final do século XVIII, houve um despertar de atenções de pessoas de diversas partes do Brasil e do mundo e Lavras do Sul tornou-se o único município do Estado surgido e formado em torno deste mineral. Há uma identificação de mais de 250 anos com a mineração, o que fez com que Lavras recebesse a fama de “Terra do Ouro”.

A origem das terras de Lavras do Sul está ligada, originalmente a Rio Grande e Rio Pardo e, mais tarde, a Cachoeira do Sul, Bagé e Caçapava do Sul. Documentos apontam que, durante Revolução Farroupilha, em 1835, Lavras acabou por tornar-se quarto distrito de Nossa Senhora de Assunção de Caçapava (atual Caçapava do Sul). Este distrito englobava também os atuais municípios de São Sepé e Santana da Boa Vista.

As obras iniciais do município foram consolidadas a partir de 1849, com as primeiras construções de alvenaria que não obedeciam a um traçado urbano regular. Uma das casas mais antigas ainda existentes de Lavras do Sul é onde atualmente (2021) situa-se o Mercado do Patrick, na esquina das Ruas Dr. Pires Porto e Maria Barcelos, no centro da cidade. < A fundação oficial de Lavras do Sul ocorreu no dia 9 de maio de 1882, em uma terça-feira, com a denominação Vila de Santo Antônio das Lavras, através da Lei Estadual Nº. 1364. É, por ordem de criação, o 54º município gaúcho. Após 56 anos, em 1938, recebeu a condição de cidade. O nome oficial de Lavras do Sul foi definido em 29 de dezembro de 1944. O curioso é que o nome da cidade quase se tornou Araíuba que significa (“lugar do ouro”), por conta de um decreto do Governo na época, que disciplinava os nomes das cidades de acordo com suas origens e descendências indígenas, ideia que acabou sendo engavetada um tempo depois.

NOTA

[1] Calendários Perpétuos. Disponível em: http://www.ghiorzi.org/caleperp.htm, acesso em 30/10/2009.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *