GEOGRAFIA: Marco Gaúcho das Águas

1 de maio de 2021 12:450 comentários

FONTE DA IMAGEM: Aline Lima (Facebook).

FONTE DA IMAGEM: Antonio Lanna (Facebook).

As três principais regiões de bacias hidrográficas do Estado do Rio Grande do Sul possuem apenas um ponto em que algumas de suas nascentes estão próximas. Este ponto se localiza na região de divisa entre Lavras do Sul e São Gabriel e é o chamado “Marco Gaúcho das Águas”, ponto pouco conhecido dos gaúchos e situado na localidade da Meia Lua, em direção ao Ibaré.
Neste ponto, há as nascentes dos Rio Santa Maria (que corre para a Região Hidrográfica da Bacia do rio Uruguai), Vacacaí (rio integrante da Bacia Hidrográfica do Guaíba) e Camaquã (que corre em direção à Laguna dos Patos, e é integrante da Região Hidrográfica das Bacias Litorâneas). Esta região forma um tríplice divisor natural de águas, portanto o marco serve para simbolizar a união das três principais bacias hidrográficas gaúchas.
No Marco Gaúcho das Águas, as águas gaúchas nascem praticamente juntas e seguem caminhos diferentes, mas unificando a natureza do nosso Estado.
Este importante local deu origem ao nome e à criação do CTG Marco das Águas, na década de 2010.
Segundo a página do CTG Marco das Águas no Facebook, o monumento foi idealizado pelo saudoso Eng. Zeno Simon, que sempre chamava a atenção para este fato que já era conhecido pelos Jesuítas no século XVIII. O Marco em si é bem simples. Um calçamento de paralelepípedos de quatro metros quadrados tem no centro uma coluna de pedra tri facetada. Uma face voltada para a sua respectiva Região.  É um pouco difícil de achar o local, situado a cerca de 30 quilômetros do centro de Lavras do Sul. Mesmo muitos dos moradores desconhecem o local. Mas perguntando um pouco se chega à porteira que dá acesso a uma trilha no campo. O Marco nos lembra da importância desse encontro de águas, que  acontece aqui, em nosso Município.
Mapa adaptado pelo Autor

Mapa do Governo do RS (adaptado pelo Autor)

Deixe um comentário